Home > Deslocamentos Compulsórios No Meio Rural

Controle Social

Canais de acesso à informação sobre a realocação no meio rural

Indicador: Transparência

Fontes: Relatórios Consolidados de Andamento do PBA e do Atendimento de Condicionantes (Norte Energia)

Palavras-chave: Área de Influência Direta (AID), Rural e Transparência e acesso à informação

Canais de acesso à informação sobre a realocação no meio rural, por tipo de canal
Municípios Acesso à informação Situação em Fev/2015
Altamira, Anapu, Brasil Novo, Senador José Porfírio, Vitória do Xingu Relatórios Semestrais - Norte Energia Os relatórios estão disponíveis em sua completude na web, no site do IBAMA. Além do difícil acesso à internet por parte dos atingidos, os relatórios são complexos e a linguagem é bastante técnica. Estão distribuídos em pastas, fragmentados por capítulo, por plano e por projetos, algo que dificulta o acesso por parte daqueles que não estão familiarizados com o material e sua forma de busca. Embora seja uma importante fonte de informação, são raramente utilizados por parte da população, movimentos sociais e instituições que atuam na região.
Canais de acesso à informação disponibilizados pelo empreendedor Plantões Sociais, que a realizam atendimento presencial às famílias e instituições na área de influência da UHE;
Atendimento telefônico - 0800 091 2810 - no qual os interessados podem solicitar informações, protocolar reclamações e sugestões ao andamento dos planos previstos no PBA;
Programa de rádio “Conversando sobre Belo Monte”, em que spots informativos com duração de 5 minutos são veiculados em algumas das rádios locais;
Web: “norteenergiasa.com” e o blog Belo Monte “blogbelomonte.com.br”, apresentam informações e notícias sobre o andamento da obra e atuação do empreendedor.
Percepção do acesso à informação A percepção dos atores e instituições contatados é que não há transparência nos processos e falta informação qualificada disponível de maneira eficaz. Seja pela linguagem, por dificuldades no acesso aos plantões de atendimento, pela falta de conhecimento dos possíveis canais de acesso à informação – atendimento telefônico, programa de rádio e relatórios semestrais - atingidos, movimentos sociais organizados e mesmo instituições públicas sentem-se desinformados com relação ao projeto da UHE e suas etapas, bem como com relação ao cumprimento das condicionantes e ações previstas no PBA.
Ver detalhes